APOLOGéTICA (838)'
     ||  Início  ->  
Artigo

COMO PODE O ESPIRITO SANTO, SENDO DEUS, SE DIVIDIR TANTO ENTRE OS PROTESTANTES? QUEM ESTÁ CERTO?

 

Como o Espírito Santo, sendo um espírito de verdade, pode “ensinar” doutrinas diferentes e contraditórias como as que encontramos entre os protestantes, e tudo tirado de uma suposta mesma Bíblia?

"DEUS NÃO É O AUTOR DE CONFUSÃO..." (1Cor 14,33)

 

- Os Luteranos acreditam na consubstanciação da Eucaristia, os Batistas e Pentecostais negam e dizem que é apenas um símbolo.

- Os Metodistas dizem que é certo ter ministros femininos, já Batistas e Adventistas dizem que é anti-Bíblico.

- Os Adventistas do Sétimo dia dizem que o "sábado" é o dia de adoração, mas os Presbiterianos dizem que é o Domingo.

- Os Luteranos dizem que Maria foi e sempre permaneceu virgem, mas os Assembleianos dizem que ela teve outros filhos.

- Os Episcopalianos batizam crianças, mas os Pentecostais dizem que o batismo infantil é inválido.

- Os Mórmons dizem a Trindade Santa não está em três pessoas, mas os Metodistas ensinam que a Trindade de três pessoas está em um só Deus.

 

"DEUS NÃO É O AUTOR DE CONFUSÃO..." (1Cor 14,33)

 

Jesus diz ser Ele o caminho, a verdade e a vida (João 10,16) e que os que estão contra Ele são mentirosos.

Ora, quem são os mentirosos aqui nessa babel religiosa?

Quem são os fundadores das 33.800 seitas que dividem e espalham o rebanho?

 

Vejamos o que diz a Bíblia!

"Ai dos pastores que deixam perder-se e DISPERSAR-SE O REBANHO MIÚDO DE MINHA PASTAGEM" (Jeremias 23,1)

 

O mesmo fundador da "Reforma", Martinho Lutero, chegou a "lamentar" o dano que a sua rebelião contra a autoridade da Igreja tinha causado.

Em seus escritos faz as seguintes observações:

"Este aqui não ouvirá falar do Batismo, e aquele nega o sacramento, outro põe um mundo entre isto e o último dia: alguns ensinam que Cristo não é Deus, alguns dizem isto, alguns dizem aquilo: há tantas seitas e credos como há tantas cabeças”. [1]

 

Quando o assunto é sobre doutrinas os protestantes se dividem em milhares de “igrejas” e seitas. Porém, quando o assunto é atacar a SANTA IGREJA CATÓLICA, todos concordam entre si. Por que será? Vamos ver o que as SAGRADAS ESCRITURAS nos alertam sobre isso:

 

“Não vos deixeis desviar pela diversidade de doutrinas estranhas” (Hb 13, 9).

 

“O Espírito diz expressamente que, nos tempos vindouros, alguns hão de apostatar da fé, dando ouvidos a espíritos embusteiros e a doutrinas diabólicas” (1 Tm 4, 1).

 

Porque virá tempo em que os homens já não suportarão a sã doutrina da salvação. Levados pelas próprias paixões e pelo prurido de escutar novidades, ajustarão mestres para si. Apartarão os ouvidos da verdade e se atirarão às fábulas.” (2 Tm 4, 3-4)

 

“Caríssimos, não deis fé a qualquer espírito, mas examinai se os espíritos são de Deus, porque muitos falsos profetas se levantaram no mundo. Nisto se reconhece o Espírito de Deus: todo espírito que proclama que Jesus Cristo se encarnou é de Deus; todo espírito que não proclama Jesus esse não é de Deus, mas é o espírito do Anticristo de cuja vinda tendes ouvido, e já está agora no mundo.” (1 Jo 4, 1-3)

 

São Paulo Apóstolo chama a esses pregadores de lobos cruéis (Atos 20,29), cães (Fl 3,2), falsificadores da Palavra de Deus (2 Cor 2,17), corruptos (2 Tm 3,1-8), apóstolos de Satanás (2Cor 11,13-15) e de hereges (Tito 3,10.11), porque eles pregam outro Jesus, outro espírito e outro evangelho (2 Cor 11,4).

Pesado, não? Pois é.

 

Um bom cristão sabe que só existe um só corpo e um só espírito. A unidade da Igreja é apresentada no Credo Apostólico: "Creio na Igreja, uma, santa, católica e apostólica”; ensinada, por exemplo, em Efésios 4:4-6: "Há um só corpo e um só Espírito, como também fostes chamados em uma só esperança da vossa vocação; um só Senhor, uma só fé, um só batismo; um só Deus …" A igreja de Cristo, que é uma, é um organismo vivo ("um só corpo") com uma cabeça, Jesus Cristo ("um só Senhor"), e um princípio vivificador, o Espírito Santo ("um só Espírito"), que adora e serve a um Deus Trino: Pai, Filho e Espírito Santo ("um só Deus").

 

O fundamento mais profundo da unidade da igreja é que Deus mesmo é um ("um só Deus"). Assim, a igreja é uma, e pode ser apenas uma, e não duas ou mais. A unidade da igreja foi eternamente decretada por Deus, pois ele "nos elegeu nele [isto é, Cristo] antes da fundação do mundo" (Ef. 1:4). No curso da história do mundo, Deus chama eficazmente todos os seus eleitos das trevas do pecado e da maldição, para o "um só corpo" de Jesus Cristo. Assim, todos do povo eleito de Deus são batizados com "um só batismo". "Pois todos nós fomos batizados em um Espírito, formando um corpo" (1Co. 12:13).

 

O Espírito Santo habita em Cristo, a cabeça, e assim nos crentes como seus membros, pois "se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele" (Rm. 8:9). O "um só Espírito" em todos os crentes testifica a verdade da Palavra de Deus, e assim, todos os cristãos verdadeiros recebem como verdade tudo o que foi relevado na Escritura sagrada.

 

Referências:

[1] (De Wette III, 61. Citado em O'Hare, “Os fatos sobre Lutero”, 208.)


Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
3 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL -  FACEBOOK 

:-)